CORREÇÃO-Premiê grego diz que não vai buscar austeridade

terça-feira, 30 de junho de 2015 09:24 BRT
 

(Corrige 2º parágrafo de texto publicado na 2ª-feira para incluir a palavra "não" na declaração "mas não seremos nós a conduzi-lo")

ATENAS (Reuters) - O governo grego vai respeitar uma decisão grega de avançar com plano de austeridade de longo prazo, "mas não seremos nós a conduzi-lo", disse o primeiro-ministro, Alexis Tsipras, nesta segunda-feira.

Tsipras disse que qualquer que seja o resultado de um referendo sobre reformas em troca de dinheiro com credores internacionais, ele seria implementado. No entanto, ele acrescentou: "Se o povo grego quiser proceder com planos de austeridade na perpetuidade, o que nos deixaria incapazes de levantar nossas cabeças.. Nós vamos respeitar, mas não seremos nós a conduzi-lo".

Tsipras disse que continuava disposto a conversar com os credores europeus para salvar as negociações, com um calote se aproximando na terça-feira. Se eles oferecerem um acordo nesta segunda-feira, a Grécia pagaria sua dívida que vence na terça-feira.

"Eu telefone está ligado o dia inteiro. Eu sempre atendo quem quer que ligue".

(Reportagem de Michele Kambas e Renee Maltezou)

((Tradução Redação São Paulo; 55 11 5644 7768)) REUTERS FB BBF