Bovespa tem leve alta em junho e giro menor com mercado cauteloso para 2º semestre

terça-feira, 30 de junho de 2015 18:00 BRT
 

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da Bovespa fechou em leve alta nesta terça-feira, no fim de sessão volátil pautada pela continuidade das negociações na Europa para a Grécia obter uma extensão de seu resgate financeiro.

As ações da Petrobras seguiram sob foco, com o avanço de Cielo e JBS contrabalançando o efeito negativo dos papéis da Vale e de siderúrgicas.

O Ibovespa subiu 0,13 por cento no dia, a 53.080 pontos, terminando o mês com variação positiva de 0,61 por cento e acumulando no primeiro semestre ganho de 6,15 por cento.

O volume financeiro na sessão somou 5,36 bilhões de reais, ante uma média de 6,89 bilhões de reais em 2015. Junho teve média diária de pouco mais de 6 bilhões de reais, enquanto em maio o volume médio por pregão foi de 7,2 bilhões de reais.

Na visão do gestor Marcello Paixão, sócio da Constancia NP, o mês foi marcado por uma reversão do humor conforme se acentuaram os sinais de desaceleração econômica no Brasil, o que explica os volumes mais fracos.

Do front externo, a perspectiva de default da Grécia foi adicionando volatilidade ao longo do mês, ao mesmo tempo em que houve um choque de realidade nos setores de mineração e siderurgia com a correção dos preços do minério de ferro e do aço.

Para o segundo semestre, o mercado acionário brasileiro embarca em um ambiente marcado pela deterioração da economia local e indefinição acerca da primeira alta da taxa básica de juros pelo Federal Reserve, banco central norte-americano, em quase uma década.

  Continuação...