Grécia se torna primeira economia avançada a não pagar FMI

terça-feira, 30 de junho de 2015 19:26 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - O Fundo Monetário Internacional (FMI) confirmou nesta terça-feira que a Grécia não realizou o reembolso do empréstimo de 1,5 bilhão de euros ao fundo, tornando-se a primeira economia avançada a ficar em atraso com a entidade.

O não pagamento, o maior da história do FMI, é equivalente a um calote, o que implica uma violação das obrigações de Atenas.

O porta-voz do FMI, Gerry Rice, afirmou que a Grécia, agora, só pode receber mais financiamento do fundo quando os atrasos forem quitados.

Ele confirmou que a Grécia solicitou mais cedo nesta terça-feira uma prorrogação de última hora do pagamento, o que a diretoria do FMI irá considerar "no momento apropriado".

(Reportagem de Anna Yukhananov)