CORREÇÃO-Parlamento da China ratifica acordo de Banco dos Brics

quarta-feira, 22 de julho de 2015 09:54 BRT
 

(Corrige 4º parágrafo de matéria do dia 1º de julho para informar que 41 bilhões de dólares é a contribuição da China à reserva cambial conjunta, e não sua contribuição total)

PEQUIM (Reuters) - O Parlamento da China ratificou o acordo com os maiores países emergentes do mundo nesta quarta-feira para criar um novo banco de desenvolvimento, segundo a agência estatal de notícias Xinhua.

O Novo Banco de Desenvolvimento, também conhecido como Banco dos Brics, é um dos dois bancos internacionais de desenvolvimento que a China está promovendo como alternativas para instituições ocidentais como o Banco Mundial.

O Comitê Permanente do Congresso Nacional do Povo, principal entidade parlamentar da China, aprovou o acordo entre o Brasil, a Rússia, a Índia, a China e a África do Sul para criar o banco, disse a Xinhua.

O NBD terá um capital inicial de 50 bilhões de dólares, a ser igualmente financiado pelos cinco membros que terão direitos iguais de voto, informou a Xinhua. Os membros também vão estabelecer uma reserva cambial de mais de 100 bilhões de dólares, ao qual a China prometeu contribuir com 41 bilhões.

(Por Ben Blanchard)