Bovespa fecha em queda de 0,45% pressionado por Petrobras

quarta-feira, 1 de julho de 2015 17:05 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Bovespa abriu o segundo semestre com o seu principal índice em queda, pressionado particularmente pelo declínio de Petrobras em meio ao forte recuo do petróleo, com pedidos do premiê grego para que a população rejeite a ajuda internacional em referendo previsto para o domingo também minando os negócios.

De acordo com dados preliminares, o Ibovespa fechou a quarta-feira em queda de 0,45 por cento, a 52.844 pontos, revertendo ganhos da primeira etapa do dia, quando chegou a subir a 53.456 pontos. O volume financeiro novamente ficou abaixo da média do ano, totalizando 5,2 bilhões de reais, também conforme dados pré-ajuste.

(Por Paula Arend Laier)