Fundo da zona do euro se reserva o direito de antecipar cobrança de empréstimos gregos

sexta-feira, 3 de julho de 2015 09:22 BRT
 

BRUXELAS (Reuters) - O fundo de resgate da zona do euro, o maior credor da Grécia, disse nesta sexta-feira que se reserva o direito de cobrar 130,9 bilhões de euro em dívida de maneira antecipada após o calote de Atenas em um empréstimo junto ao Fundo Monetário Internacional nesta semana.

O conselho do Fundo Europeu de Estabilização Financeira (EFSF, na sigla em inglês) decidiu preservar seus direitos de agir sobre os empréstimos concedidos à Grécia, segundo comunicado do EFSF.

(Por Francesco Guarascio)