Futuro da Grécia é difícil qualquer que seja resultado do referendo, diz Dijsselbloem

sexta-feira, 3 de julho de 2015 09:33 BRT
 

AMSTERDÃ (Reuters) - O presidente do conselho de ministros das Finanças da zona do euro, Jeroen Dijsselbloem, descartou como "completamente falsa" a afirmação do ministro grego das Finanças, Yanis Varoufakis, de que a Grécia está perto de alcançar um acordo com seus credores.

Dijsselbloem, que também é ministro das Finanças da Holanda, disse que a Grécia enfrenta um futuro difícil independente do resultado do referendo de domingo sobre se aceita o resgate, e que medidas fiscais são inevitáveis.

"Qualquer político que diga que isso não seria necessário no caso de um voto 'não' está enganando seu povo", disse Dijsselbloem após uma reunião de gabinete na Holanda nesta sexta-feira.

(Por Thomas Escritt e Toby Sterling)