Premiê grego diz que relatório de dívida do FMI justifica rejeição de acordo

sexta-feira, 3 de julho de 2015 10:59 BRT
 

ATENAS (Reuters) - O primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, disse nesta sexta-feira que a análise do Fundo Monetário Internacional (FMI) mostrando que a dívida da Grécia é insustentável justifica a decisão de seu governo de rejeitar o pacote de ajuda dos credores que não oferece alívio da dívida.

Em discurso televisionado à nação no último dia de campanha antes do referendo no domingo, Tsipras renovou seu apelo aos gregos para votarem contra o pacote de resgate e dizerem "não" a chantagens e ultimatos.

"Ontem um evento de grande importância política aconteceu", disse Tsipras. "O FMI publicou um relatório sobre a economia grega que é uma grande justificativa para o governo grego já que confirma o óbvio --que a dívida grega não é sustentável".

(Por Renee Maltezou)

 
Premiê grego, Alexis Tsipras, durante discurso televisionado.  03/07/2015    REUTERS/ERT/Pool