Ministro grego diz que "Não" reforça governo em negociações sobre dívida

domingo, 5 de julho de 2015 15:48 BRT
 

ATENAS (Reuters) - A rejeição da população grega às propostas de credores para um plano de resgate ao país, ocorrida em referendo neste domingo, reforçou a posição de negociação do país com grupos financeiros, afirmou o ministro do Trabalho, Panos Skourletis.

"O governo agora tem uma forte ferramenta de negociação que abrirá um novo caminho para nós", disse o ministro a jornalistas.