Premiê grego causou um desastre, diz parlamentar conservador alemão

domingo, 5 de julho de 2015 16:06 BRT
 

BERLIM (Reuters) - O parlamentar conservador alemão Michael Fuchs afirmou à Reuters neste domingo que o primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, causou um "desastre" depois que resultados preliminares de referendo mostraram que o país rejeitou os termos de resgate apresentados pela zona do euro.

"Eu lamento muito o resultado", disse Fuchs. "Tsipras causou um desastre e precisa descobrir agora como recolher os pedaços. Não há chance de que uma solução seja alcançada dentro de 48 horas", disse Fuchs, que há tempos tem reservas contra planos de resgate para a Grécia.

Uma parlamentar alemã mais moderada, Julia Kloeckner, disse em comunicado que Tsipras não deve pensar que vai colocar a Alemanha e a Europa sob pressão por conta do resultado do referendo, mas evitou pedir a saída da Grécia da zona do euro.