Após greve, Angra 1 volta a gerar energia

segunda-feira, 6 de julho de 2015 11:09 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A usina nuclear Angra 1 foi sincronizada ao Sistema Interligado Nacional (SIN) no domingo pela manhã, após parada programada para reabastecimento de combustível e atividades de inspeção e manutenção que demoraram mais que o previsto devido a uma greve de funcionários, informou nesta segunda-feira a Eletronuclear, subsidiária da Eletrobras (ELET6.SA: Cotações).

A unidade estava desligada desde 7 de maio.

Angra 1 está operando com capacidade de 275 megawatts, devendo alcançar seu máximo de potência, de 640 MW, na terça-feira.

"Durante a parada programada, cerca de um terço do combustível nuclear foi recarregado", disse a empresa, em nota.

O retorno da geração de Angra 1 estava previsto inicialmente para 14 de junho, mas atrasou devido a uma greve de trabalhadores da Eletrobras.

(Por Gustavo Bonato e Rodrigo Viga Gaier)