Mais greves se aproximam da Lufthansa após conversas com pilotos fracassarem

segunda-feira, 6 de julho de 2015 12:33 BRT
 

FRANKFURT/BERLIM (Reuters) - As conversas entre Lufthansa e o sindicato de pilotos Vereinigung Cockpit sobre levar uma disputa salarial à mediação fracassaram, elevando chance de greves no auge da temporada de viagens do verão europeu, disse o sindicato nesta segunda-feira.

A Lufthansa e seus pilotos têm procurado um processo de mediação para encerrar uma antiga disputa, que já causou mais de uma dúzia de greves de pilotos desde abril de 2014.

A empresa aérea tem tentado cortar custos para assegurar que pode competir com rivais, desde companhias do Golfo até empresas de baixo custo com rápido crescimento. A Lufthansa também está tentando reformular seus esquemas de aposentadoria, pois taxas de juros baixas aumentaram seu déficit de aposentadoria.

O sindicato disse que a Lufthansa não quis discutir todos os tópicos disputados, e que um acordo para evitar as greves até o final de julho não é mais válido.

"Uma nova escalada da disputa portanto se tornou mais provável", disse o sindicato em comunicado.

(Por Peter Maushagen e Victoria Bryan)