Índices acionários asiáticos recuam, pressionados por nova queda da bolsa da China

terça-feira, 7 de julho de 2015 07:45 BRT
 

Por Hideyuki Sano

TÓQUIO (Reuters) - A maioria dos índices acionários asiáticos fechou em queda nesta terça-feira, reagindo a novo recuo da bolsa chinesa, que perturbou investidores já aturdidos por incertezas sobre o futuro da Grécia e do bloco monetário europeu.

O índice chinês chegou a cair mais de 5 por cento durante a sessão, apesar de medidas sem precedentes adotadas no último fim de semana para estabilizar o mercado.

Às 7h35 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão recuava 0,77 por cento.

O índice japonês Nikkei subiu mais de 1 por cento após marcar forte queda na segunda-feira.

As bolsas na Europa e nos Estados Unidos recuaram na sessão passada depois que os gregos votaram pela rejeição de mais austeridade.

"A Grécia está em circunstâncias difíceis. Apesar da volatilidade no curto prazo e do fato de que a discussão será difícil, ainda espero que uma solução que evite uma situação muito ruim", disse o chefe de alocação global de ativos do Societé Générale, Alain Bokobza.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 1,31 por cento, a 20.376 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 1,03 por cento, a 24.975 pontos.   Continuação...