Governo de SP sanciona lei que permite à Cesp ser minoritária em projetos

terça-feira, 7 de julho de 2015 17:42 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, sancionou projeto de lei que autoriza elétrica estatal Cesp a participar de novos projetos tendo outras empresas como sócias, por meio de Sociedades de Propósito Específico (SPEs), o que facilita uma eventual retomada dos investimentos pela empresa.

Apesar de ter o capital aberto, a estatal não possuía aval legislativo para entrar em SPEs, o que dificultava a participação em leilões e a realização de investimentos em parceria.

Em nota, o governo de São Paulo disse que "a lei permitirá à Cesp empreender novas ações que visem à expansão da oferta de energia, alinhadas com as políticas públicas de redução de carbono e mudanças climáticas".

O governo paulista também divulgou que autorizou a estatal Emae a lançar edital para buscar sócios privados interessados em viabilizar até 1.500 megawatts em usinas termelétricas a gás no Estado.

(Por Luciano Costa)