Grécia e zona do euro ainda podem chega a um acordo, diz Moscovici, da UE

quarta-feira, 8 de julho de 2015 08:21 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Ainda é possível um acordo entre a Grécia e seus parceiros da zona do euro, disse o Comissário de Assuntos Econômicos da União Europeia, Pierre Moscovici, à rádio britânica BBC, acrescentando que o futuro do bloco de moeda única está em jogo nas negociações.

Membros da zona do euro deram à Grécia até o fim desta semana para apresentar novas propostas em troca de empréstimos que evitariam a saída do país do bloco de moeda comum.

"Hoje, apesar de ser difícil, muito difícil, um acordo ainda é possível e mais necessário do que nunca", disse, "A saída da Grécia seria um fracasso terrível, um erro coletivo, e estamos lutando para evitá-lo", acrescentou.

Moscovici disse que o bloco ainda está esperando ver um conjunto de "reformas abrangentes, críveis, completas e tangíveis" por parte da Grécia, mas que acredita que o governo grego continua comprometido em permanecer na zona do euro.

Moscovivi, ex-ministro das Finanças da França, afirmou ainda ser importante que Paris e Berlim atuem juntos para convencer o premiê grego, Alexis Tsipras, a apresentar propostas viáveis.

(Reportagem de Estelle Shirbon)

 
Comissário de Assuntos Econômicos da União Europeia, Pierre Moscovici, durante encontro em Bruxelas.   07/07/2015    REUTERS/Francois Lenoir