Mercado acionário da China congela conforme venda generalizada ganha força

quarta-feira, 8 de julho de 2015 08:34 BRT
 

Por Samuel Shen e Brenda Goh

XANGAI (Reuters) - O mercado acionário chinês em queda livre mostrou sinais de congelamento nesta quarta-feira, com empresas correndo para escapar do desastre tendo suas ações suspensas e os índices despencando após o regulador alertar sobre um "sentimento de pânico" apoderando-se de investidores.

Pequim, que vem lutando há mais de uma semana para dobrar o mercado, lançou mais uma saraivada de medidas para interromper a venda generalizada, e o banco central disse que aumentará o suporte para corretoras listadas para sustentar as ações.

O índice CSI300 das maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen fechou em queda de 6,8 por cento, enquanto a bolsa o índice de Xangai caiu 5,9 por cento.

Com quase metade do mercado com negociação suspensa e outra rodada de chamada de margens forçando investidores alavancados a se livrar de quaisquer ações para as quais pudessem achar compradores, as blue chips que foram sustentadas por fundos de estabilização no começo da semana sofreram a maior parte do impacto.

"Nunca vi esse tipo de queda antes. Não acho que alguém tenha visto. A liquidez está totalmente esgotada", disse o analista da Northeast Securities Du Changchun.

"Originalmente, muitos queriam manter as blue chips. Mas com tantas small caps suspensas das negociações, a única maneira de reduzir a exposição de risco é vender as blue chips."