Moagem de cana do centro-sul na 2ª quinzena de junho supera expectativas

quarta-feira, 8 de julho de 2015 14:12 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A moagem de cana do centro-sul do Brasil somou 46,5 milhões de toneladas na segunda quinzena de junho, superando o volume de 39,38 milhões da quinzena anterior e de 44,14 milhões de toneladas na segunda quinzena de junho de 2014, informou nesta quarta-feira a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica).

O volume excedeu também as expectativas do mercado, que giravam em torno de 43 milhões a 45 milhões de toneladas e já estavam na faixa superior da capacidade de colheita da região.

Os contratos futuros do açúcar bruto na bolsa de Nova York reduziram ganhos após a divulgação, indicando uma preocupação do mercado com uma maior oferta no Brasil, principal produtor e exportador do adoçante.

O clima ainda foi favorável à colheita no centro-sul do Brasil em junho, embora chuvas recentes, neste início de julho ameacem o andamento dos trabalhos.

As chuvas atípicas registradas no Sudeste do Brasil esta semana deverão se repetir em toda a semana que vem, projetou nesta quarta-feira a Somar Meteorologia.

O diretor operacional da Raízen, maior produtora de açúcar e etanol do mundo, Pedro Mizutani, disse na terça-feira que a produção dos canaviais do centro-sul do Brasil poderá ficar acima do esperado na atual safra 2015/16, superando 600 milhões de toneladas, com a ajuda do inverno chuvoso, mas se as precipitações persistirem nas próximas semanas nem todo o volume de cana seria processado nesta temporada.

Alerta semelhante foi feito nesta quarta-feira pela Unica.

"O clima nos próximos meses será determinante para a definição do tamanho da safra 2015/16 e parte das unidades não deve conseguir processar toda a cana disponível para moagem", disse o diretor técnico da entidade, Antonio de Padua Rodrigues, em nota.

No acumulado da safra 2015/16, a moagem de cana do centro-sul atingiu 200,5 milhões de toneladas até 1º de julho, 1,21 por cento abaixo do volume processado no mesmo período de 2014/15.   Continuação...