Navios carregados com milho do Brasil rumam aos EUA, dizem operadores

quarta-feira, 8 de julho de 2015 18:37 BRT
 

CHICAGO (Reuters) - A Cargill enviará 50 mil toneladas de milho brasileiro aos Estados Unidos na próxima semana, mostram nesta quarta-feira dados de escalas de navios, no que deverá ser o primeiro de muitos navios carregados que chegarão ao país com grãos da América do Sul este ano.

Produtores de carne suína e avicultores do sudeste dos EUA já compraram dois navios de milho sul-americano com chegadas previstas para agosto e setembro, enquanto pelo menos uma terceira embarcação tem chegada prevista para março, de acordo com operadores de exportação de milho norte-americano.

A Cargill está listada como contratante do navio Nord Voyager, que deverá descarregar 50 mil toneladas de milho originado no porto de Santarém (PA), segundo dados da agência marítima Williams. A Cargill, que tem um terminal portuário na cidade paraense, disse que não iria comentar.

O navio deverá atracar no porto de Wilmington, na Carolina do Norte, disseram os operadores.

A procura se explica porque, embora os EUA sejam os maiores produtores mundiais de milho, o grão é produzido na parte central do país, longe do sudeste, onde se concentram as criações de suínos e frangos, que consomem grandes quantidades de ração produzida com milho e soja.

A importação de pequenas quantidades de milho, soja e farelo de soja da América do Sul por criadores norte-americanos teve início em 2012, por culpa de uma seca que afetou a produção dos EUA.

(Por Michael Hirtzer)