Premiê grego Tsipras corre para finalizar plano de reformas

quinta-feira, 9 de julho de 2015 09:52 BRT
 

Por Renee Maltezou e Angeliki Koutantou

ATENAS (Reuters) - O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, corria nesta quinta-feira para finalizar um pacote rigoroso com aumento de impostos e reformas nas pensões que deve apresentar logo para que a Grécia consiga a ajuda necessária de credores para evitar uma saída da zona do euro.

Tsipras estava junto de assessores, finalizando um pacote de reformas que é esperado com medidas mais duras do que as incluídas no plano prévio dos credores, rejeitado pelos gregos em um referendo no domingo.

Após receber amplo apoio popular no referendo e do subsequente apoio de partidos da oposição, o premiê deve ter um momento mais fácil enfrentando qualquer resistência em casa, permitindo que se concentre em apaziguar os credores.

O jornal grego Kathimerini relatou que o pacote custava 12 bilhões de euros, maior do que o plano prévio de 8 bilhões de euros, já que a economia - golpeada por duas semanas de controles de capitais - deve ter retração de 3 por cento, em vez de crescer 0,5 por cento neste ano.

Uma autoridade do governo, falando sob condição de anonimato, contestou os números relatados pelo Kathimerini, dizendo que o pacote ainda estava em processo de elaboração.

A oferta deve ser o bastante para satisfazer os credores céticos, mas pode enfrentar resistência da ala de extrema esquerda do partido Syriza, de Tsipras, e dos Gregos Independentes, após o governo fazer campanha e ganhar um "não" para maior austeridade no referendo em 5 de julho.

 
Primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, em Atenas.  09/07/2015    REUTERS/Alkis Konstantinidis