P&G venderá unidade de beleza Coty em acordo de US$12,5 bi

quinta-feira, 9 de julho de 2015 11:52 BRT
 

(Reuters) - A Coty fechou acordo para comprar a unidade de beleza da Procter & Gamble, que inclui marcas como Clairol e Wella, em uma transação de 12,5 bilhões de dólares que tornará a fabricante de perfumes uma das maiores companhias de beleza do mundo.

A P&G irá separar 43 de seus cosméticos, fragrâncias e marcas de cuidados para cabelos e reuni-los na Coty sob uma transação que irá dar aos acionistas da P&G uma fatia majoritária na nova entidade.

A empresa combinada deve ter receitas anuais de mais de 10 bilhões de dólares - o dobro da Coty - e será liderada pelo presidente-executivo da Coty, Bart Becht.

A JAB Cosmetics B.V., que detém 97 por cento das ações Classe B da Coty, é favorável ao negócio, disse a Coty. A JAB é uma unidade do Joh. A. Benckiser, veículo de investimento do bilionário alemão da família Reimann.

A Coty disse que o acordo avaliou o negócio de beleza da P&G em 12,5 bilhões de dólares no momento da proposta, com base no número de ações da Coty em negociação no mercado e uma média de seu preço de negociação.

Tendo como referência o atual preço da ação da Coty e o número de ações em negociação, a transação avaliou a empresa em cerca de 15 bilhões de dólares, disse a P&G.

(Por Siddharth Cavale em Bangalore)