Governo alemão se nega a comentar propostas de reformas da Grécia

sexta-feira, 10 de julho de 2015 07:50 BRT
 

BERLIM (Reuters) - Um porta-voz do governo alemão se negou a fazer comentários nesta sexta-feira sobre o conteúdo das últimas propostas gregas de reforma, e um porta-voz do Ministério das Finanças disse que Berlim não vai aceitar qualquer forma de alívio da dívida que diminua o valor real.

"Se a intenção for reduzir significativamente o valor presente da dívida e, portanto, ter uma perda real, então isto iria resultar em um alívio da dívida", disse o porta-voz do Ministério das Finanças Martin Jaeger durante entrevista coletiva, acrescentando que tal ação não era legalmente possível na união monetária.

O porta-voz do governo Steffen Seibert disse que não existe dúvida de que uma cúpula da zona do euro vai acontecer no domingo. Ele acrescentou que Berlim só vai pedir um mandato de negociação ao Parlamento alemão se Atenas mostrar interesse em "reformas sérias".

(Reportagem de Paul Carrel e Caroline Copley)