American Airlines reduz planos de crescimento nos EUA

sexta-feira, 10 de julho de 2015 11:25 BRT
 

Por Jeff Mason

(Reuters) - A American Airlines Group Inc reduziu seus planos de crescimento nos Estados Unidos nesta sexta-feira, parecendo atender demandas dos investidores para desacelerar sua expansão em vista de uma procura menor do que o esperado por viagens aéreas.

A companhia, que é a maior transportadora mundial de passageiros, disse que espera que a capacidade total em 2015 cresça aproximadamente 1 por cento em comparação com 2014, contra uma projeção anterior de 2 por cento de crescimento. Apesar de sua previsão de expansão mundial permanecer inalterada, a empresa disse que a capacidade de crescimento no mercado norte-americano irá crescer entre 1 e 2 por cento este ano, ante estimativa anterior de aumento de 2 a 3 por cento

A companhia aérea não deu explicações para a mudança, apesar de recentemente ter tomado outras medidas como adiar a entrega de 35 aeronaves A320neo da Airbus Group para manter sua capacidade em cheque.

A transportadora Fort Worth, com sede no Texas também disse que espera aposentar mais um avião 757 da Boeing Co que estava preciamente planejado. Ela espera aumentar sua frota regional de modelos CRJ900 da Bombardier Inc para 21, ante orientação anterior de adição de 25 dessas aeronaves.

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos lançou investigação sobre as companhias aéreas para saber se elas têm trabalhado em conjunto ilegalmente para manter as tarifas aéreas altas, sinalizando planos para limitar voos.

(Por Jeffrey Dastin)

 
Um Boeing 737-800 da United Airlines chega ao aeroporto internacional de San Diego. 13/02/2015 REUTERS/Louis Nastro