Propostas gregas são insuficientes para novo pacote de ajuda, diz Alemanha

sábado, 11 de julho de 2015 10:46 BRT
 

BRUXELAS (Reuters) - As últimas propostas do governo grego estão longe de serem suficientes para a concessão de um terceiro pacote de ajuda financeira a Atenas, disse neste sábado o ministro alemão das Finanças, Wolfgang Schäuble, em Bruxelas.

Na chegada à reunião do Eurogrupo sobre as últimas propostas de reformas formuladas pelos gregos e na qual os credores (Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional) irão decidir o que fazer, Wolfgang Schäuble não escondeu sua desconfiança em relação ao primeiro-ministro grego Alexis Tsipras.

"A confiança foi destruída de uma maneira inacreditável nos últimos meses", disse o ministro alemão, acrescentando que não poderia "confiar em promessas" para aceitar continuar a ajudar a Grécia.

Ele disse que, no formato atual, as propostas de reformas de Alexis Tsipras ficaram "longe de suficientes" para convencer os credores a conceder um terceiro plano de ajuda à Grécia.

(Por Tangi Salaün)