Importação de soja pela China em junho sobe para 8,09 mi t, aponta alfândega

segunda-feira, 13 de julho de 2015 09:34 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - A China, maior comprador mundial de soja, importou 8,09 milhões de toneladas do grão em junho, segundo maior volume já registrado no país, com indústrias chinesas aumentando compras para aproveitar a oferta barata da América do Sul.

As importações do mês passado, as maiores de 2015, subiram 26,6 por cento ante o mesmo mês de 2014 e 32 por cento ante maio, mostraram dados da alfândega chinesa nesta segunda-feira.

As importações na primeira metade do ano subiram 2,8 por cento na comparação anual, para 35,16 milhões de toneladas, segundo os dados oficiais.

"As importações de junho estão ligeiramente abaixo da expectativa anterior do mercado, de 8,5 milhões de toneladas", destacou a analista Monica Tu, da Shanghai JC Intelligence.

"A pressão da oferta é muito grande. Enormes importações também são esperadas em julho e agosto, graças a compras agressivas de soja da América do Sul", disse ela.

Uma recuperação nos preços domésticos do farelo de soja nas últimas duas semanas, após uma mínima de oito anos, melhorou as margens de esmagamento, mas as indústrias ainda estão com prejuízos de cerca de 16 dólares por tonelada, disse Li Lifeng, analista do portal setorial www.cofeed.com.

(Por Niu Shuping e David Stanway)