Cotações de frete marítimo atingem máxima de 2015

segunda-feira, 13 de julho de 2015 17:22 BRT
 

(Reuters) - O principal índice de frete marítimo da bolsa Baltic Exchange, que rastreia as cotações para navios carregando graneis sólidos, atingiu o maior patamar de 2015 nesta segunda-feira, com aumento de tarifas em todos os segmentos de transporte.

O índice geral, que registra a média dos ganhos diários de navios de granéis tipo capesize, panamax, supramax e handysize, sofreu uma alta de 26 pontos, ou 2,97 por cento, chegando a 900 pontos, seu maior nível desde 10 de dezembro de 2014.

O índice de navios capesize aumentou 71 pontos, ou 5,39 por cento, chegando a 1.389 pontos.

Os preços diários médios dos navios capesize, que tipicamente transportam 150 mil toneladas em cargas como minério de ferro e carvão, aumentou 574 dólares, atingindo 10.186 dólares.

As importações de minério de ferro da China cresceram 6 por cento em junho em comparação ao mês anterior, mostraram dados aduaneiros nesta segunda, com grandes mineradoras aumentando o suprimento para o maior consumidor mundial da matéria-prima.

O transporte do minério de ferro corresponde a um terço dos volumes transportados por via marítima nos maiores capesizes, e a evolução dos preços deste produto é fundamental para o frete de graneis sólidos.

O índice dos panamax subiu 24 pontos, ou 2,28 por cento, atingindo 1.076 pontos, na máxima desde 8 de dezembro.

Já o preço diário dos panamax, que geralmente carregam de 60 mil a 70 mil toneladas de produtos como carvão ou grãos, sofreu alta de 185 dólares, chegando a 8.565 dólares.

(Por Nallur Sethuraman, em Bengaluru)