Presidente do Parlamento grego diz que parlamentares têm que resistir a "chantagem"

quarta-feira, 15 de julho de 2015 08:32 BRT
 

ATENAS (Reuters) - A presidente do Parlamento da Grécia, falando em sua condição de parlamentar do partido governista, pediu nesta quarta-feira que a Casa de 300 assentos não aprove o pacote de medidas de austeridade exigido pelos credores do país em troca de um terceiro resgate.

"Este Parlamento não pode aceitar a chantagem dos credores", disse Zoe Constantopoulou, uma integrante proeminente do partido Syriza, antes da crucial votação ainda nesta quarta-feira.

"Com total conhecimento de como as circunstâncias são cruciais... acho que é dever do Parlamento não deixar que essa chantagem se materialize."

Ela disse que os credores têm que respeitar os procedimentos parlamentares.

(Reportagem de George Georgiopoulos e Angeliki Koutantou)

 
Presidente do Parlamento da Grécia, Zoe Constantopoulou, em Atenas. 27/05/2015 REUTERS/Alkis Konstantinidis