Demanda por petróleo na China sobe em junho

quarta-feira, 15 de julho de 2015 12:16 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - A demanda implícita da China por petróleo cresceu 3,5 por cento em junho, com um maior consumo do transporte aéreo e do uso de automóveis, embora uma queda na venda de veículos de passageiros, em meio à crise do mercado acionário no país, possa limitar o crescimento da demanda nos próximos meses.

A China consumiu aproximadamente 10,56 milhões de barris de petróleo por dia (bpd) em junho, ante 10,20 milhões no mesmo mês do ano passado e alta de 2,3 por cento ante maio, segundo cálculos da Reuters baseados em dados preliminares do governo.

Isso significa que a demanda implícita por petróleo no primeiro semestre subiu 5,7 por cento na comparação anual, para 10,43 milhões de bpd, também segundo os dados preliminares.

O crescimento da demanda, no entanto, pode desacelerar, uma vez que a associação dos fabricantes de automóveis da China reduziu na semana passada sua previsão para aumento nas vendas para magros 3 por cento, em meio a uma forte queda nos mercados acionários do país.

(Por Adam Rose)