Vale amplia competição com Rio e BHP após autorização de desembarque na China

quinta-feira, 16 de julho de 2015 08:58 BRT
 

SYDNEY (Reuters) - Enquanto a Rio Tinto e a BHP Billiton enviam mais minério de ferro do que nunca para a China, as mineradoras australianas enfrentam a forte disputa da Vale por fatia de mercado, o que ameaça deixar os preços já fracos ainda mais baixos.

As companhias australianas devem divulgar saltos na produção de minério de ferro, com a Rio Tinto nesta quinta-feira revelando um aumento de 9 por cento na produção do segundo trimestre. A BHP também deve publicar um ganho sólido de produção em 22 de julho, enquanto mineradoras correm para manter as exportações para impulsionar lucros, com preços menores comendo as margens.

Elas enfrentam agora uma competição mais acirrada da Vale, que também está trabalhando mais em suas minas, após a maior produtora mundial ter recebido aprovação para seus navios Valemax descarregarem na China, reduzindo os custos de frete.

Com uma capacidade de 400 mil toneladas cada, os 34 Valemaxes são os maiores navios a granel e têm duas vezes o tamanho de embarcações usadas pela Rio e pela BHP, mas uma proibição de entrada em portos chineses prejudicava fortemente a eficiência desses navios.

"A BHP e a Rio têm procurado elevar os volumes nesse ambiente para maximizar cada tonelada", disse o analista do Morgans Financial, James Wilson. "Com os navios da Vale ocupando as águas e o preço onde está, ela ficará acelerada no próximo trimestre, com mais minério do que nunca sendo produzido."

(Por James Regan)

 
Navio Valemax durante cerimônia de apresentação em Nantong, na China.   21/05/2012   REUTERS/Aly Song