BCE deixa taxas de juros inalteradas como esperado

quinta-feira, 16 de julho de 2015 09:08 BRT
 

FRANKFURT (Reuters) - O Banco Central Europeu deixou as taxas de juros inalteradas nesta quinta-feira, mantendo-as em mínimas recorde enquanto continua com o esquema de impressão de dinheiro para impulsionar a economia.

A decisão de manter o custo de empréstimo inalterado era amplamente esperada, depois que o BCE cortou os juros para níveis mínimos em setembro do ano passado e afirmou que as taxas atingiram "o limite mais baixo".

Na reunião desta quinta-feira, o BCE manteve a taxa de refinanciamento, que determina o custo do crédito na economia, em 0,05 por cento.

O banco central também deixou a taxa de depósitos em -0,20 por cento, o que significa que bancos pagam para manter recursos na instituição, e manteve a taxa de empréstimo em 0,30 por cento.

Os mercados agora voltam a atenção à entrevista para a imprensa do presidente do BCE, Mario Draghi, às 9h30, na qual ele deve enfrentar perguntas sobre o financiamento de emergência para bancos gregos e o portfólio de bônus do governo da Grécia detido pelo BCE.

(Por Francesco Canepa)

 
Sede do Banco Central Europeu, em Frankfurt, na Alemanha.   28/06/2015   REUTERS/Ralph Orlowski