BCE diz que crise da Grécia mostrou que zona do euro é imperfeita e frágil

quinta-feira, 16 de julho de 2015 10:47 BRT
 

FRANKFURT (Reuters) - A crise da dívida da Grécia expôs a fragilidade da zona do euro e a necessidade de uma integração mais forte dentro do bloco de moeda única, afirmou nesta quinta-feira o presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi.

"Essa união é imperfeita, e sendo imperfeita é frágil, vulnerável e não entrega ... entrega todos os benefícios que poderia se fosse completada. O futuro agora deve contemplar passos decisivos para mais integração", disse ele em coletiva de imprensa.

Draghi respondia a perguntas sobre se a Alemanha ter levantado a questão de a Grécia sair temporariamente da zona do euro havia enfraquecido o bloco.

"Discussões não necessariamente enfraquecem", disse ele.

(Por Francesco Canepa)

 
Presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi, durante entrevista coletiva em Frankfurt, na Alemanha.  16/07/2015    REUTERS/Kai Pfaffenbach