Eurogrupo busca 7 bi de euros para Grécia para manter FMI envolvido

quinta-feira, 16 de julho de 2015 13:06 BRT
 

HAIA (Reuters) - O Eurogrupo está buscando 7 bilhões de euros em empréstimo-ponte para a Grécia junto ao Fundo Europeu de Estabilização Financeira com o qual Atenas poderá pagar o Fundo Monetário Internacional (FMI), disse nesta quinta-feira o presidente da entidade, Jeroen Dijsselbloem.

Dijsselbloem, que também é ministro das Finanças da Holanda, disse em sessão emergencial do Parlamento holandês que existe um amplo consenso de que o FMI precisa estar envolvido em futuros resgate da Grécia.

Ele disse também que é "realista" esperar levantar 50 bilhões de euros com a venda de ativos estatais gregos, que será realizada por um período maior que os três anos do resgate que a Grécia aceitou no último fim de semana.

"Em vez de uma liquidação, a privatização será perseguida lentamente para assegurar que retornos melhores sejam alcançados", disse Dijsselbloem a parlamentares holandeses.

(Por Yoruk Bahceli, Thomas Escritt e Anthony Deutsch)

 
Presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, durante entrevista coletiva em Bruxelas, na Bélgica.  13/07/2015     REUTERS/Francois Lenoir