Chuvas afetam plantio de trigo no RS e reduzem área cultivada, diz Emater

quinta-feira, 16 de julho de 2015 19:39 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - As chuvas intensas no Rio Grande do Sul, segundo maior produtor de trigo do país, afetaram o plantio nesta semana e a previsão de área plantada com o cereal no Estado este ano foi reduzida, informou nesta quinta-feira a Emater, órgão de assistência técnica do governo gaúcho.

Levantamento realizado em 288 municípios produtores do cereal indicou recuo de 22,6 por cento na área plantada em comparação com a temporada passada, para 913,5 mil hectares.

Na previsão anterior, de maio, a projeção de cultivo de trigo era de 945,5 mil hectares.

"A semana foi de condições meteorológicas adversas para a cultura. O longo período de alta umidade e baixa luminosidade tem provocado apreensão por parte dos produtores", afirmou a Emater.

Segundo o órgão, o excesso de umidade e principalmente a baixa luminosidade ocorrem simultaneamente à fase crítica para a cultura do trigo, quando ocorrem as definições fisiológicas para a produção final.

A Emater observou que, com as chuvas, os produtores ficaram impedidos de executar a reposição dos adubos necessários às plantas. Além disso, a umidade compromete o controle de invasoras e doenças fúngicas.

Nessa situação, o plantio evoluiu muito pouco na semana, chegando apenas a 83 por cento da área, contra 80 por cento registrados semana anterior.

"Vale salientar que o período ideal para o plantio, segundo o zoneamento agroclimático, se encerra nos próximos dias,

sendo que em várias regiões já está encerrado."   Continuação...