Atividade econômica fica estagnada em maio, abaixo do esperado, aponta BC

sexta-feira, 17 de julho de 2015 09:44 BRT
 

Por Marcela Ayres

BRASÍLIA (Reuters) - A atividade econômica brasileira ficou praticamente estagnada em maio na comparação com o mês anterior, apontou o Banco Central nesta sexta-feira, ecoando a dificuldade de recuperação da economia após um resultado fraco em abril.

O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), espécie de sinalizador do Produto Interno Bruto (PIB), teve variação positiva de 0,03 por cento em maio sobre o mês anterior, de acordo com dados dessazonalizados.

O resultado mostra melhora diante da queda de 0,88 por cento em abril na mesma base de comparação, em dado revisado para baixo pelo BC após divulgação anterior de recuo de 0,84 por cento.

Ainda assim, o desempenho em maio ficou abaixo da mediana das expectativas em pesquisa da Reuters, de alta de 0,20 por cento no mês.

Com isso, a trajetória de contração da atividade prossegue no país, em um ambiente marcado por ajuste fiscal, inflação alta, aperto da política monetária e aumento do desemprego.

Até maio, o indicador acumula queda de 2,64 por cento no ano. Já na comparação com o mesmo mês de 2014, o IBC-Br tem queda de 3,08 por cento, e mostra perda de 1,68 por cento em 12 meses, sempre em números dessazonalizados.

"O resultado...ficou relativamente estável, mas a tendência da série não mostra qualquer alívio", avaliou a economista-chefe da XP Investimentos, Zeina Latif.

"Acho que temos ainda algumas leituras negativas pela frente. Por ora, é difícil a gente enxergar uma volta da atividade econômica", completou.   Continuação...