Ministro da Economia alemão critica proposta de saída temporária da Grécia da zona do euro

domingo, 19 de julho de 2015 10:10 BRT
 

BERLIM (Reuters) - O ministro da Economia alemão Sigmar Gabriel criticou o minitro das Finanças Wolfgang Schaeuble em entrevista na televisão a ser transmitida mais tarde neste domingo por sugerir que a Grécia poderia sair da zona do euro temporariamente.

Schaeuble afirmou que a Grécia poderia tirar um "descanso" da zona do euro para resolver seus problemas econômicos, mas Gabriel descartou a ideia em um sinal de aumento de tensões dentro da coalisão entre o seu Partido Social-Democrata (PSD) e os conservadores da chanceler Angela Merkel sobre a crise da dívida grega.

"Na minha opinião não foi sensível fazer esta sugestão como sugestão alemã", disse Gabriel, que também é vice-chanceler, em partes da entrevista divulgadas antes da transmissão pelo canal ZDF.

Gabriel disse que Schaeuble, membro do bloco conservador de Merkel, provocou o PSD, parceiro júnior na coalisão. "Diria que deviam ter feito diferente, especialmente porque ele sabe que nós, social-democratas, estamos preparados para falar sobre a Grécia deixando a zona do euro somente no caso de os gregos quererem isso", disse Gabriel.

(Reportagem de Michelle Martin)