Ministro alemão viaja ao Irã para restabelecer laços econômicos após acordo nuclear

domingo, 19 de julho de 2015 12:34 BRT
 

TEERÃ (Reuters) - O ministro da Economia alemão, Sigmar Gabriel, chegou ao Irã com uma delegação econômica neste domingo, tornando-se o primeiro político ocidental do alto escalão a visitar o país após Teerã fazer um acordo nuclear com as potências mundiais.

Ao viajar a Teerã com uma delegação de representantes da indústria e executivos, Gabriel envia um forte sinal de que a Alemanha quer reconstruir rapidamente os laços econômicos e políticos com o Irã, após um impasse de 12 anos sobre o programa nuclear de Teerã.

Pelo acordo alcançado na terça-feira, as sanções impostas por Estados Unidos, União Europeia e Nações Unidas serão retiradas em troca de um acordo de longo prazo do Irã de frear seu programa nuclear, o qual o Ocidente acreditava visar construir uma bomba nuclear. Teerã sempre negou buscar produzir armas nucleares.

"O acordo alcançado ...em Viena estabeleceu as fundações para uma normalização das relações econômicas com o Irã", disse Gabriel. "A pré-condição para isso é que as medidas previstas no acordo sejam agora implementadas", disse Gabriel, que também é vice-chanceler da Alemanha.

(Reportagem Gernot Heller)