Vendas e encomendas da Alstom em transporte no 1o tri superam expectativas

segunda-feira, 20 de julho de 2015 09:51 BRT
 

PARIS (Reuters) - A Alstom, que está vendendo seu negócio de equipamentos de energia à General Electric, teve vendas e encomendas no segmento de transporte acima das expectativas no primeiro trimestre fiscal, e confirmou sua meta de crescimento no médio prazo.

A companhia francesa disse que as encomendas caíram para 2 bilhões de euros ante 4,8 bilhões no mesmo período do ano anterior que teve o benefício de um contrato de 4 bilhões na África do Sul. As vendas subiram 8 por cento para 1,6 bilhão, informou a empresa nesta segunda-feira.

As encomendas ficaram 23 por cento acima da estimativa média no mercado, enquanto a receita ficou 2 por cento à frente, disseram analistas da UBS.

"Transporte é um dos poucos mercados saudáveis atualmente, como evidenciado pelo ímpeto das encomendas hoje", escreveram os analistas, acrescentando que o preço das ações ainda é dominado pelo êxito ou fracasso da transação com a GE.

A Alstom confirmou que espera que as vendas cresçam mais de 5 por cento organicamente no médio prazo e que sua margem operacional deve melhorar gradualmente dentro da faixa de 5 a 7 por cento.

(Por James Regan e Alexandre Boksenbaum-Granier)