Bovespa fecha em queda de 1,4% pressionada por Petrobras e apreensão política

segunda-feira, 20 de julho de 2015 17:09 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Bovespa abriu a semana no vermelho e renovou a mínima de fechamento desde o final de março, puxada pelo forte declínio nas ações da Petrobras, em meio a queda do petróleo e preocupações com a cena política deteriorada.

De acordo com dados preliminares, o Ibovespa caiu 1,38 por cento, a 51.618 pontos.

O giro financeiro somava 6,37 bilhões de reais, ajudado pelo volume movimentado no vencimento dos contratos de opções sobre ações, que totalizou 2,05 bilhões de reais.

(Por Paula Arend Laier)