Novas regras alfandegárias podem estimular exportações de trigo da Rússia

segunda-feira, 20 de julho de 2015 19:28 BRT
 

MOSCOU, (Reuters) - As exportações de grãos da Rússia podem crescer até o final deste mês após o serviço de alfândega introduzir um sistema mais simplificado para o pagamento de taxas sobre vendas no exterior, disseram várias fontes da indústria nesta segunda-feira.

Os oficiais alfandegários russos e operadores têm discordado sobre o nível das taxas sobre a exportação do trigo, lançadas em 1º de julho, pois, de acordo com os operadores, o serviço estava cobrando uma taxa maior que o esperado e eles estavam preparando ações judiciais para tentar obter restituições.

Isso atrasou as exportações para seu nível mais baixo desde 2004, apesar dos altos estoques e da boa colheita em regiões fundamentais.

O SovEcon disse que o problema das taxas nas regiões fundamentais para exportação da Rússia parece ter sido resolvido e que espera-se que as exportações de trigo avancem na segunda metade de julho. Já o serviço alfandegário não estava imediatamente disponível para comentar.

A taxa de exportação para o trigo está estabelecida em 50 por cento do preço aduaneiro por tonelada menos 5.500 rublos (equivalentes a 97 dólares), mas não menos de 50 rublos por tonelada.

(Por Polina Devitt)