GPA diz que eventual questionamento de contratos de locação de lojas seria "concorrência desleal"

quarta-feira, 22 de julho de 2015 09:46 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O grupo varejista Grupo Pão de Açúcar afirmou nesta quarta-feira que desconhece intenções de revisão de seus contratos de locação de lojas firmados com o Fundo de Investimento Imobiliário Península, da família do empresário Abilio Diniz.

Em comunicado ao mercado, o GPA afirma que uma eventual tentativa de questionamento dos contratos de aluguel representaria "prática de concorrência desleal, tendo em

vista as circunstâncias atuais".

(Por Alberto Alerigi Jr.)