Boeing tem lucro acima do esperado com salto em entregas de aviões

quarta-feira, 22 de julho de 2015 13:18 BRT
 

NOVA YORK/BANGALORE (Reuters) - A Boeing superou estimativas de lucro nesta quarta-feira e dobrou o fluxo de caixa trimestral, o que compensou em parte encargos elevados gerados pelo programa de desenvolvimento de um avião para reabastecimento aéreo.

A maior fabricante de aviões do mundo divulgou que teve 2,6 bilhões de dólares em fluxo de caixa livre no segundo trimestre, revertendo saídas no primeiro semestre que tinham preocupado investidores. O desempenho liberou caixa para a Boeing lançar um programa de recompra de ações de 2 bilhões de dólares.

As ações da empresa subiam, mesmo apesar do lucro líquido da empresa ter caído 33 por cento no período, para 1,11 bilhão de dólares, ou 1,59 dólar por ação. A linha final do balanço foi afetada pelo encargo gerado pelo avião de reabastecimento aéreo, mas a entrada de caixa no trimestre indica que a Boeing atingirá meta de mais de 9 bilhões de dólares em fluxo de caixa operacional no ano.

A receita da companhia cresceu 11 por cento, para 24,54 bilhões de dólares, refletindo uma alta de 18 por cento na divisão de aeronaves comerciais, que entregou um recorde de 197 aviões.

Já o faturamento na divisão militar caiu 3 por cento e a margem de lucros recuou menos do que temiam alguns analistas, conforme os gastos militares dos Estados Unidos continuam pressionados.

O lucro excluindo custos com pensão e outras despesas, caiu para 1,62 dólar por ação ante 2,42 dólares. Porém, isso superou a estimativa média entre analistas de 1,37 dólar por papel, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

 
Caça F-16 da Força Aérea israelense sendo reabastecido por um Boeing 707, em Israel. 25/06/2015 REUTERS/Amir Cohen