Governo reduz meta de superávit primário a 0,15% do PIB e corta gastos em R$8,6 bi

quarta-feira, 22 de julho de 2015 18:22 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O governo reduziu a 8,747 bilhões de reais a meta de superávit primário de 2015, o equivalente a 0,15 por cento do Produto Interno Bruto (PIB), segundo o Relatório de Receitas e Despesas elaborado pelos Ministérios do Planejamento e da Fazenda e divulgado nesta quarta-feira.

No documento, o governo também anunciou o contingenciamento adicional de 8,6 bilhões de reais, e corte na previsão de receita líquida total de 46 bilhões de reais, a 1,112 trilhão de reais.

(Reportagem de Luciana Otoni e Marcela Ayres)