Novo CEO do Credit Suisse sinaliza mudança de estratégia após lucro superar estimativa

quinta-feira, 23 de julho de 2015 09:43 BRT
 

ZURIQUE (Reuters) - O novo presidente-executivo do Credit Suisse, Tidjane Thiam, sinalizou uma reformulação da estratégia nesta quinta-feira projetada para focar em serviços bancários para os mais ricos do mundo e afastando-se de atividades mais arriscadas com títulos mobiliários.

Thiam, ex-chefe da Prudential, assumiu o comando do banco sediado em Zurique há apenas três semanas e investidores têm ficado atentos por quaisquer pistas sobre seus planos, como também dicas sobre uma muito aguardada movimentação para levantar mais capital junto aos acionistas.

O executivo disse que está liderando uma revisão de estratégia e que irá detalhar os planos antes do fim do ano, mas indicou que vai se concentrar na direção de gestão de riquezas, uma área menos volátil.

"Queremos nos reequilibrar rumo a private banking e gestão de riquezas... em vez do banco de investimento, disse Thiam à emissora CNBC.

Para os três meses encerrados em 30 de junho, o Credit Suisse divulgou que o lucro líquido alcançou 1,1 bilhão de francos suíços (1,2 bilhão de dólares), ante previsão média de 783 milhões em pesquisa com seis analistas.

(Por Joshua Franklin)