Ações europeias caem para mínimas de uma semana; Aberdeen lidera perdas

quinta-feira, 23 de julho de 2015 14:16 BRT
 

Por Atul Prakash

LONDRES (Reuters) - O índice das principais ações europeias recuou para uma mínima de uma semana nesta quinta-feira, pressionado por notícias decepcionantes de companhias como a Aberdeen Asset Management.

O índice FTSEurofirst 300 fechou com queda de 0,49 por cento, a 1.578 pontos, após cair ao menor nível em mais de uma semana. Isso ampliou a queda registrada pelo índice na quarta-feira, quando as ações de tecnologia pressionaram o mercado após a projeção de receita da Apple vir abaixo das expectativas.

Dados dos Estados Unidos mostrando que o número de novos pedidos de auxílio-desemprego caiu na semana passada para o menor nível em mais de 41 anos também prejudicaram o humor, já que esses números reforçam ainda mais o argumento a favor da elevação da taxa de juros nos EUA, segundo analistas.

A Aberdeen Asset Management registrou a maior desvalorização no índice FTSEurofirst 300, com queda de 7,6 por cento, depois que a gestora de fundos divulgou saídas líquidas de 9,9 bilhões de libras (15,5 bilhões de dólares) no trimestre de abril a junho uma vez que investidores institucionais reduziram suas exposições a ativos da Ásia e de mercados emergentes.

"Temos preocupações sobre a perspectiva iminente de uma elevação do juro nos EUA nos próximos meses e isso está sendo refletido nos fluxos de saída. Essas companhias que são muito dependentes de mercados emergentes para seus produtos finais podem ter dificuldades", disse Peter Dixon, do Commerzbank.

Investidores continuam mantendo um olhar atento sobre os relatórios de resultados, que têm potencial de ditar a direção do mercado no curto prazo.

. Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,18 por cento, a 6.655 pontos.

. Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,07 por cento, a 11.512 pontos.   Continuação...