ESPECIAL-Viciado em antibióticos, salmão do Chile perde espaço no varejo dos EUA

quinta-feira, 23 de julho de 2015 16:43 BRT
 

Por Anthony Esposito

SANTIAGO (Reuters) - Os produtores de salmão do Chile estão usando antibióticos em níveis recordes para tratar uma bactéria virulenta, afastando alguns varejistas dos Estados Unidos, que estão preferindo o salmão norueguês, livre de antibióticos.

As águas costeiras do Chile, segundo maior produtor mundial de salmão, estão inundadas com uma bactéria conhecida como SRS, ou Piscirickettsiosis, que causa lesões e hemorragia em peixes infectados, inchando seus rins e baços, eventualmente matando-os.

Incapazes de desenvolver uma vacina eficaz, os produtores chilenos têm sido forçados a aumentar o uso de antibióticos. Em 2014, a indústria produziu cerca de 895 mil toneladas de peixe e usou 563,2 toneladas de antibióticos, de acordo com dados da indústria e do governo. O uso de antibióticos subiu 25 por cento desde 2013.

Por outro lado, a Noruega, maior produtor mundial de salmão, produziu 1,3 milhão de toneladas de peixes e usou 972 quilos de antibióticos em 2013. (Dados referentes a 2014 não estavam imediatamente disponíveis)

As autoridades chilenas dizem que seu salmão é seguro e que os antibióticos foram aprovados pelos reguladores dos Estados Unidos.

Em meio a crescente preocupação da indústria alimentícia dos EUA de que o uso pesado de antibióticos em animais pode gerar superbactérias resistentes a remédios e trazer perigos à saúde humana, a terceira maior varejista dos EUA Costco Wholesale disse à Reuters em abril que iria reduzir suas importações de salmão do Chile.

Nos últimos anos, as cadeias de supermercados dos EUA Whole Foods Market e Trader Joe's têm gradualmente eliminado o salmão chileno em favor dos peixes livres de antibióticos capturados na natureza.

"Este é o início de uma mudança em frutos do mar", disse Tobias Aguirre, diretor executivo da FishWise, uma consultoria de frutos do mar que trabalha com grandes varejistas, como Safeway e Target Corp. A Target também eliminou salmão de viveiro de suas prateleiras.   Continuação...

 
Trabalhadores trabalham na limpeza de salmão em uma produtora no sul do Chile 5/03/ 2009. REUTERS/Victor Ruiz Caballero