Confiança do comércio cai 1,0% em julho e atinge mínima histórica

sexta-feira, 24 de julho de 2015 08:37 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Índice de Confiança do Comércio (Icom) recuou 1,0 por cento em julho na comparação com o mês anterior, terceira queda seguida e atingindo o menor nível histórico, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta sexta-feira.

Com isso, o indicador foi a 89,8 pontos, contra 90,7 pontos no mês anterior.

"Não há sinalização de melhora da atividade do setor para os próximos meses", destacou o consultor da FGV/IBRE Silvio Sales.

"De modo geral, os indicadores se mantêm em patamar historicamente baixo e as expectativas prosseguem piorando, em linha com o contexto de redução no nível de emprego e desaceleração do consumo doméstico", completou ele.

Segundo a FGV, o Índice de Situação Atual (ISA-COM) teve avanço de 6,3 por cento sobre junho, chegando a 64,4 pontos. Mas o Índice de Expectativas (IE-COM) caiu 4,6 por cento, para 115,2 pontos.

O cenário para o comércio brasileiro neste ano é de inflação e juros elevados, com desemprego aumentando. Diante disso, em maio as vendas no varejo brasileiro caíram 0,9 por cento, no pior desempenho em 14 anos para esse mês.

(Por Camila Moreira)