Fifa discutirá reformas com patrocinadores, diz Valcke

sexta-feira, 24 de julho de 2015 09:21 BRT
 

SÃO PETERSBURGO (Reuters) - A Fifa vai se reunir com os principais parceiros comerciais no próximo mês, após três grandes patrocinadores aumentarem a pressão por reformas na organização responsável pelo futebol mundial após uma série de escândalos de corrupção.

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, disse que Coca-Cola (KO.N: Cotações), Visa (V.N: Cotações) e McDonald's (MCD.N: Cotações) escreveram pedindo por informações sobre o que está sendo feito para limpar o órgão regulador do futebol e admitiu que a situação se tornou difícil para atrair novos patrocinadores.

"Claramente, há um número de patrocinadores, principalmente três, que são Coca-Cola, McDonald's e Visa, que expressaram e enviaram uma carta à Fifa, pedindo informações", disse Valcke durante entrevista coletiva.

"Dois ou três dias atrás recebemos uma carta de todos eles oferecendo um encontro conjunto, então haverá um encontro no próximo mês", disse.

Os escândalos que envolvem a Fifa surgiram em maio, quando procuradores norte-americanos indiciaram nove dirigentes do futebol, incluindo o ex-presidente da CBF José Maria Marin, e cinco executivos de marketing esportivo, por uma série de supostos crimes, incluindo fraude, lavagem de dinheiro e subornos.

(Reportagem de Brian Homewood)

 
Secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, em São Petersburgo. 24/07/2015 REUTERS/Grigory Dukor