Navios cruzam novo Canal de Suez, em teste no Egito

sábado, 25 de julho de 2015 13:04 BRT
 

ISMAILIA, Egito (Reuters) - O primeiro navio cargueiro atravessou o Novo Canal de Suez no Egito neste sábado, um teste antes da inauguração da obra no fim do mês, informou a mídia estatal, 11 meses após o Exército ter dado início à construção de 8 bilhões de dólares, paralela ao antigo Canal de Suez, de 145 anos.

A nova via, que o presidente egípcio, Abdel Fattah al-Sisi, espera elevar o comércio na rota comercial mais rápida entre Europa e Ásia, será formalmente inaugurada em 6 de agosto.

Sisi aposta no canal seja um símbolo do orgulho nacional que ajude a combater o desemprego, hoje de dois dígitos. O antigo canal é fonte vital de dólares para o país, que sofre com queda no turismo e investimento externo desde o levante de 2011.

Três navios de contêineres atravessaram a nova rota aquática. O exercício ocorreu com forte esquema de segurança.

Uma insurgência baseada na Península do Sinai, que faz fronteira com o Canal de Suez, matou centenas de soldados e policiais desde 2003. A TV estatal disse que helicópteros sobrevoavam o local e embarcações militares fizeram escolta.

O canal existente rende 5 bilhões de dólares por ano ao Egito. O Novo Canal, que vai permitir tráfego de navios maiores nos dois sentidos, deve aumentar os rendimentos para 15 bilhões de dólares até 2023. O novo curso também deve reduzir o tempo de travessia de 22 horas para 11 horas.

(Reportagem de Yusri Mohamed)