Governo não estuda usar reservas internacionais para fazer caixa, diz Barbosa

segunda-feira, 27 de julho de 2015 13:16 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, afirmou nesta segunda-feira que o governo não estuda usar as reservas internacionais para fazer caixa, num momento em que as contas públicas passam por ajustes.

Segundo ele, as reservas --hoje em 370 bilhões de dólares-- dão autonomia para o governo e ajudam a absorver impactos. O ministro disse ainda que fará reuniões com principais partidos da base para tratar sobre as novas metas fiscais anunciadas na semana passada e que precisam do aval do Congresso Nacional.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello; Texto de Patrícia Duarte)