Grécia aguarda permissão do BCE para reabrir mercado acionário, dizem fontes

terça-feira, 28 de julho de 2015 09:07 BRT
 

ATENAS (Reuters) - A Grécia está esperando luz verde do Banco Central Europeu (BCE) aos planos que enviou para reabrir o mercado acionário de Atenas depois de um mês inteiro fechado, disseram duas fontes regulatórias nesta terça-feira.

O mercado pode ser reaberto a partir da quarta-feira, dependendo da opinião do BCE, disseram as fontes.

Os reguladores gregos apresentaram dois planos diferentes para a reabertura, um permitindo negociação irrestrita e outro que impõe restrições às negociações por investidores gregos a fim de evitar a fuga de capitais dos bancos, disseram.

"Se abriremos amanhã ou em outro dia depende de quando receberemos a resposta do BCE", disse uma das fontes. "Não é certo que abriremos amanhã."

A bolsa de Atenas está fechada desde 29 de junho depois de o governo fechar bancos e impor controles de capital para evitar o colapso bancário diante dos saques em massa.

À época, o principal índice de ações da Grécia .ATG já acumulava perdas de 16 por cento ante a máxima de 2015 alcançada em fevereiro.

Se continuar fechada por muito mais tempo, a bolsa coloca em risco seu lugar nos índices globais de títulos. A FTSE Russell, que compila índices nas principais classes de ativos, disse na semana passada que manterá títulos da Grécia em seus índices por mais 10 dias úteis esperando que a bolsa grega reabra.

Agentes do mercado disseram que negociações irrestritas para investidores domésticos podem representar um risco sério para os bancos gregos que já estão enfrentando dificuldades com saques e dependem de financiamento emergencial do BCE para continuar solventes.

"O problema é que se a negociação começar sem restrições, então muitos gregos poderiam sacar seus depósitos e transformá-los em ações ou bônus", disse o operador-chefe da corretora Beta Securities, Takis Zamanis.

(Por Lefteris Papadimas e Angeliki Koutantou)