Wall Street sobe com foco voltado em balanços corporativos e Fed

terça-feira, 28 de julho de 2015 18:12 BRT
 

Por Noel Randewich

(Reuters) - Os principais índices acionários dos Estados Unidos subiram nesta terça-feira, interrompendo uma sequência de cinco sessões de quedas, conforme as atenções se desviaram do turbulento mercado acionário chinês para os resultados de empresas norte-americanas e para a especulação de que a primeira alta de juros pelo Federal Reserve pode não vir até dezembro.

O índice Dow Jones subiu 1,09 por cento, a 17.630 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 1,24 por cento, a 2.093 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,98 por cento, a 5.089 pontos.

"O S&P teve cinco dias de queda na sequência e muitas pessoas estão começando a voltar", disse o chefe de operações da U.S. Global Investors Inc, Michael Matousek.

O sentimento do mercado também refletiu as expectativas de que o Fed, banco central dos EUA, esperaria até dezembro, não mais setembro, para elevar a taxa de juros pela primeira vez desde 2006, acrescentou Matousek.

Com a reunião de dois dias de política monetária do Fed terminando na quarta-feira, investidores estão procurando pistas sobre o momento da alta de juros. Não há expectativa por mudança esta semana.

"Setembro é possível, mas a probabilidade por um aumento em dezembro está crescendo", disse o estrategista-chefe do U.S. Bank Wealth Management, Terry Sandven.

A incerteza relacionada com o mercado acionário da China, que voltou a fechar em queda nesta terça-feira, ficou em segundo plano em meio às divulgações de resultados corporativos nos EUA.

Com a temporada de divulgação de balanços do segundo trimestre acontecendo, analistas agora esperam que as empresas do S&P 500 tenham alta de 0,3 por cento no lucro e queda de 4 por cento na receita, de acordo com dados da Thomson Reuters.